Violência escolar será debatida na cidade

O evento terá dois horários, às 7h30 e às 19h, no Espaço Cultural da Urca.

Nesta segunda-feira, 15, acontece a palestra “Fenômeno Bullying e Programa Educar pela Paz”, promovida pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura. O evento terá dois horários, às 7h30 e às 19h, no Espaço Cultural da Urca. A entrada é franca.

Quem fará a palestra é a conferencista Cleodelice Aparecida Zonato Fante, doutora em Ciências da Educação pela Universidade de Ilhas Baleares, na Espanha, e autora do livro Bullying Escolar. O público alvo são professores, supervisores e diretores da rede pública municipal de ensino.

O “bullying” escolar é um termo encontrado na literatura psicológica anglo-saxônica, que conceitua os comportamentos agressivos e anti-sociais, em estudos sobre o problema da violência escolar. Sem termo equivalente na língua portuguesa, define-se como um conjunto de atitudes agressivas, intencionais e repetitivas como insultos e gozações, adotado por determinados alunos em relação a outros.

“Trata-se de um problema mundial, encontrado em todas as escolas, que vem se disseminando largamente nos últimos anos e que só recentemente vem sendo estudado em nosso país. Em todo o mundo, as taxas de prevalência de ‘bullying’, revelam que entre 5% a 35% dos alunos estão envolvidos no fenômeno. No Brasil, através de pesquisas que realizamos, inicialmente no interior do estado de São Paulo, em estabelecimentos de ensino públicos e privados, com um universo de 1.761 alunos, comprovamos que 49% dos alunos estavam envolvidos no fenômeno. Desses, 22% figuravam como vítimas, 15% como agressores e 12% como vítimas-agressoras”, informa a pesquisadora.

A palestra “Fenômeno Bullying e Programa Educar pela Paz” faz parte do projeto Portas abertas à Paz – Não à violência, de autoria de Zonato. Outras informações pelo telefone 3697-2100.

Fonte: Jornal da Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *